marcadores

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Todo de preto como um anjo da escuridão




Melancólico, solitário e triste.
Levo em minha face uma lágrima desenhada
Já borrada pelas verdadeiras lágrimas que não param de cair.
Ofereça-me uma bebida forte,
Algo que me faça esquecer,
Algo que rime com a morte.
Se você tiver tempo
Dê-me um abraço.
Não terei como retribuir,
Mas irei te agradecer.
Não tenho motivos para comemorar
Nem asas com as quais eu possa voar
Mas se você tiver tempo
Dê-me um beijo
E talvez eu consiga sorrir.
O desejo de morrer veio me visitar
Afinal, hoje estou sozinho
Ficou tão difícil sonhar.
Desculpe-me se errei
Fui expulso do paraíso
Caí sem querer.
Agora estou tão longe de ti.
Sei que não terei teu abraço, nem teu beijo
Mas se você ainda tiver tempo
Pelo menos pense em mim.

4 comentários:

Vini disse...

muito bom seu texto, ta de parabens. Vou ver os outros posts


http://w1games.blogspot.com

Furdunço disse...

mto bom os poemas...parabens

se puder visita o furdunço http://furdunconosemaforo.blogspot.com/

Cativa Google disse...

esse site parece um sonho...

larissa disse...

muito bom o seu blog
adorei axei minha cara!!!
um sonho
entra no meu tbm e se puder seja seguidora!!
rockgirl0710.blogspot.com
custa nada é só copiar e colar
bjoss

 
©2007 '' Por Elke di Barros